Siga o DCO nas redes sociais

Sindicato dos artistas é dominado por patrões
entretenimento-milton-goncalves-paulo-betti-jorge-coutinho
entretenimento-milton-goncalves-paulo-betti-jorge-coutinho

A diretoria patronal do sindicato dos artistas não passa de mais um escancarado e cínico caso da direita fascista usando dos meios “democráticos” para se colocar no poder.

Assim como em uma maior escala precisaram perseguir e prender sem provas a maior liderança de esquerda (Lula) para colocar no poder “democraticamente” o impopular e fascista Bolsonaro (PSL) agora em uma menor escala a direita usa a perseguição jurídica para perseguir a chapa de esquerda, de Paulo Betti, durante as eleições do Sindicato dos Artistas.

Paulo Betti está sendo processado na 33a Vara Criminal do Rio de Janeiro por racismo, por ter escrito “a atual diretoria do sindicato está lá há muito tempo e tem uma forte representação negra com Jorge Coutinho e o grande Milton Gonçalves, além do querido Cosme, isso complica bastante a luta, pois pode confundir as coisas.”

Por causa de uma consideração tímida e banal do artista, a chapa adversária, que estrategicamente coloca dois negros direitistas para blindar juridicamente a chapa, quer usar do aparato repressivo do Estado para perseguir seu adversário. É o mesmo caso da PM, que também estrategicamente usa militares homossexuais, negros e mulheres para poder criminalizar cinicamente a classe trabalhadora e a esquerda por machismo, homofobia e racismo.

Esse tipo de aberração demagoga da esquerda no final das contas é usado pelos próprios fascistas pra se colocar no poder e perseguir a esquerda, uma vez que o judiciário golpista vai sempre engavetar processos contra a direita, como foi no caso do Bolsonaro em todas as situações em que foi extremamente homofóbico, racista, machista ou as 3 coisas ao mesmo tempo.

Essa história de que a direita ganhou as eleições do sindicato por anti-petistas tem que ser desmentida. A vitória das eleições no sindicato dos artistas faz parte da mesma fraude que colocou Bolsonaro no poder e isso precisa ser denunciado sem mais uma capitulação.

Assim como Bolsonaro, essa direção precisa ser arrancada de lá a pontapés, uma vez que é completamente ilegítimo os meios e aparelhamento que a direita usa para chegar e se manter no poder para se colocar escancaradamente a serviço dos patrões.

Pelos meios jurídicos e democráticos a esquerda só vai dar mais sustentação para essa ditadura jurídica, que no caso da criminalização do machismo, homofobia e racismo usa da defesa dos supostos beneficiários das leis de exceção para explorar e criminalizar o trabalhador e a esquerda de conjunto, mesmo que seja uma esquerda com posicionamentos políticos muito tímidos e moderados, como é o caso do Paulo Betti que está sendo encurralado e processado por racismo por dois capitães do mato bolsonaristas.