Sindicato de jogadores da Espanha ameaça greve por realização de jogos nos EUA

selecao-da-espanha-comemora-gol-sobre-a-albania-1507321634034_1920x1360

Da redação – Jogadores da primeira divisão da Espanha protestam e ameaçam greve contra a decisão de levar os jogos da primeira divisão a serem realizados em solo norte-americano em detrimento do solo espanhol. Para a Associação de Jogadores da Espanha (AFE), “a decisão do local de realização dos jogos foi unilateral” e “prejudica jogadores e torcedores”.

“Todos os jogadores estão contra tudo isso. Estão surpresos e indignados. Todos estão com a AFE”, garantiu o ex-atacante de Real Madrid, Espanyol, entre outros clubes, David Aganzo, presidente da AFE.

Ele declarou sua posição sobre a situação nos seguintes termos: “O problema é a falta de bom senso. Estamos nos acostumando com coisas que não são normais. Calendários que beneficiam que os jogos sejam vistos no Japão, Estados Unidos, jogadores da Arábia Saudita pagando para chegar aos clubes. Não são coisas naturais”.