Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Na madrugada de sábado para o domingo do dia 25 de março, ocorreu uma ocorrência de incêndio no prédio dos Correios do CTCE (Centro de Triagem de Cartas e Encomendas) de Indaiatuba, cidade a 80 quilômetros da cidade de São Paulo.

O incêndio que foi controlado pelo sistema de segurança do prédio e a atuação imediata dos bombeiros da região de Campinas, cidade próxima do CTCE, evitou que o prédio fosse destruído, no entanto, várias mercadorias, encomendas postais, foram destruídas, a ponto de restar aos usuários dos Correios que estavam a espera por essas correspondências, apenas a indenização material.

Mas o que mais chama atenção do incêndio do prédio dos Correios de Indaiatuba é que esse incêndio é o sétimo do ano de 2018 que acontece nos prédios dos Correios. Ou seja, em menos de 4 meses, a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos já teve 7 incêndios de grandes dimensões em suas dependências.

O caso mais grave ocorreu durante o carnaval deste ano, no CTCE de Fortaleza, aonde o incêndio praticamente acabou com  o prédio dos Correios, danificando 90% das estruturas da empresa, destruindo praticamente todas as encomendas e cartas.

Nunca teve um incêndio nessas proporções nos Correios no Brasil que praticamente possuem atividade há mais de 350 anos, e muito menos aceitar como possível sete incêndios em menos de 4 meses.

É lógico que estes incêndios levam a população a desacreditar dos serviços dos Correios, servindo de apoiadores da campanha de privatização desse patrimônio do povo, até porque estão vendo suas encomendas serem destruídas pelo sucateamento da empresa e pelo descaso com as instalações aonde estas mercadorias ficam estocadas.

Não resta dúvida de que esses incêndios estão servindo para destruir a imagem da ECT, que antes dos golpistas assumirem o controle da estatal (Gilberto Kassab e Guilherme Campos do PSD), a empresa dava lucro, e era reconhecida mundialmente como um empresa super lucrativa e eficiente.

Temos que denunciar que os incêndios são criminosos e que estão a serviço da privatização dos Correios. Devemos estabelecer para direção golpista da ECT a responsabilidade por esses incêndios.

Devemos exigir que a ECT seja controlada pelos próprios trabalhadores, através de eleição direta para todos os cargos da empresa, desde presidente a supervisor, derrubando os golpistas que querem entregar os Correios para os parasitas capitalistas do mercado postal, a exemplo da DHL, Fedex, UPS  etc.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas