População na mira dos snipers
Sistema de segurança do governo conta com atiradores de elite para atirarem na população
Brasilia DF 05 09 2019  O presidente Jair Bolsonaro na saída  como todos os dias  pela manhã fala com a Imprensa  foto Antonio Cruz/ Agência Brasil
Reação do Exército pode ser "ostensiva e até letal". |

A assessoria de imprensa do governo Jair Bolsonaro informou que o desfile cívico-militar de 7 de setembro terá um sistema de segurança reforçado. Vários snipers (atiradores de elite) ficarão nos prédios da Esplanada dos Ministérios. Esta atitude é semelhante ao que aconteceu na inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, em que os snipers ficaram posicionados no teto do terminal.

Além disso, na quinta-feira (05/09), o Executivo enviou um comunicado para os servidores do Ministério da Ciência, Inovação e Tecnologia (MCTIC) com orientações pedindo para que não ficassem próximos das janelas e, dessa forma, confundirem os “Observadores do Exército”, que poderiam reagir de forma “ostensiva e até letal”, e considerarem os funcionários possíveis ameaças.

Essa atitude do governo mostra que a população está na mira dos atiradores de elite. Por isso, neste dia 7 de setembro, nada de vestir verde e amarelo . É importante que a população saia às ruas de vermelho e com as palavras de ordem Fora Bolsonaro e Liberdade para Lula.

Relacionadas