Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Os servidores andreenses fizeram ato e passeata contra ataque aos direitos da categoria. A mobilização ocorreu diante  da mudança unilateral pela administração do prefeito tucano Paulo Serra, que decidiu pela privatização do plano de saúde dos servidores em pregão realizado pelo governo.
Revoltados com a situação de desprezo aos servidores, que também já estão há dois anos sem reajuste, os trabalhadores realizaram, no último dia 18, uma mobilização com passeata no Paço Municipal, que em pleno domingo reuniu quase mil servidores em Santo André, no ABC paulista.

Os servidores mostraram ao governo Paulo Serra e ao IPSA (Instituto de Previdência de Santo André) o descontentamento da categoria com a escolha da nova operadora de saúde, a Greenline, empresa recordista em ações na justiça em razão de péssimos serviços e descumprimento de compromissos em outras regiões, como em São Caetano onde depois de combativa mobilização os servidores conseguiram a exclusão desta empresa como responsável pelo atendimento aos servidores.

Os servidores realizarão nova mobilização como parte da Jornada de Lutas em defesa da Assistência Médica de Qualidade, aprovada pelos servidores e encaminhada pelo sindicato da categoria(Sindserv Santo André),  nesta quarta-feira dia 22/02, às 16h, na Câmara dos Vereadores.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas