Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
53649933_2045519995496323_4870286841133137920_o
|

Da redação – Na tarde desta quinta-feira (7), servidores municipais de São Paulo ocuparam a Secretaria Municipal de Saúde. A ocupação é um protesto contra a reforma da Previdência aprovada pelo prefeito Bruno Covas no final do ano passado. Os servidores estão em greve há 32 dias contra o roubo da Previdência imposto por Covas.

Pela reforma de Covas, que assumiu a prefeitura com a saída de João Doria, os servidores passaram a contribuir para a previdência com 14% do salário (antes os servidores contribuíam com 11%). A reforma, proposta pelo Executivo, foi aprovada no dia 26 de dezembro, com 33 votos a 17, na Câmara dos Vereadores. Bruno Covas sancionou a lei no dia seguinte, 27. No entanto, Covas retirou da proposta original um dispositivo que permitia que o dinheiro de privatizações da prefeitura pudesse ser usado para custear a previdência dos servidores, assaltada por gestões direitistas anteriores.

Diante desse roubo de suas aposentadorias, os servidores exigem a revogação da reforma da Previdência de Doria-Covas. Além da ocupação realizada hoje, os servidores organizaram quatro protestos de rua ao longo do mês passado e vêm mantendo a greve. Amanhã (8) os servidores realizarão uma nova assembleia para definir o rumo da greve.

Ainda hoje o vice-presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo (Sindsep), João Gabriel Buonavita, deve ser recebido pelo secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido dos Santos, e sua secretária Edjane Maria Torreão Brito.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas