Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Moro-nos-Estados-Unidos
|

Da redação – Em 2018, o juiz golpista Sérgio Moro ficou 37 dias afastado de suas funções para viagens no Brasil e pelo mundo. Durante esse período, o juizeco, visitou Estados Unidos, Peru, Argentina, Portugal, Reino Unido e Mônaco.

Em suas viagens oferece palestras, ganha prêmios de entidades imperialistas e ligadas aos golpistas, como da Câmara de Comércio Brasil-EUA. Também foi visitar o Príncipe de Mônaco. Recentemente o pedido de afastamento foi concedido para assistir uma ópera (!!!) em Mônaco.

Durante todo o período de afastamento, o “Mussolini de Maringá” continuou recebendo seu salário sem nenhum desconto e outros juízes tiveram que assumir as suas funções.

O juiz que a imprensa golpista retrata como combatente da corrupção e privilégios, na verdade vive exibindo seus amigos golpistas, como João Doria, Aécio Neves, José Serra e, também prêmios, por entidades golpistas e ligadas a países imperialistas.

O que fica cada vez mais evidente é que possui enormes privilégios e relações cada vez mais evidentes com a alta cúpula da burguesia golpista.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas