Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A farsa do processo e a condenação contra o ex-presidente Lula está completamente escancarada. Sem qualquer prova concreta, com base em uma sentença, na qual só existem suposições e especulações dos juízes e procuradores, os tribunais agiram para forjar a condenação do ex-presidente e a sua consequente prisão, um dos principais objetivos do golpe de estado no país.

Outro fato que comprova a farsa é que de todos os acusados no processo inicial envolvendo o condomínio Solaris no Guarujá e a construtora OAS foram considerados inocentes de suas acusações, menos, é claro, o ex-presidente Lula. O processo teve início no Tribunal de Justiça do estado de São Paulo há dois anos, após o nome de Lula aparecer em uma das delações, o processo  contra o ex-presidente foi transferido para Curitiba, sob cuidados de Sérgio Moro, o Mussolini de Maringá.

Dos acusados no processo inicial, na justiça de São Paulo, como o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari, e o empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, além de mais de outras dez pessoas, todos foram considerados inocentes pela justiça, devido à inconsistência das supostas provas apresentadas contra os acusados. A decisão pela absolvição foi proferida pela juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira, da 4.ª Vara Criminal de São Paulo, que em abril do último ano.

No caso de Lula, no entanto, a decisão da República do Paraná, do juiz Sérgio Moro e do Tribunal Federal da Quarta Região, o TRF4, não seguiu o mesmo parecer. Nas mãos de Moro, o processo contra Lula tomou  outro caminho, sem apresentar qualquer prova, o ex-presidente foi condenado em primeira e segunda instância, a mais de dez anos de prisão.

Este fato comprova a perseguição política. Se todos os envolvidos no processo do triplex já foram absolvidos e considerados inocentes, por que só Lula continua sendo considerado culpado pelo judiciário? Se a fragilidade das provas e das acusações já foram contestadas por outros tribunais, por que só no caso do ex-presidente a acusação se mantém, mesmo com base em suposições?

Não há como esconder a completa farsa da justiça. A única forma de impedir a prisão do ex-presidente não é, todavia, pelas instituições, dominadas por aqueles que deram o golpe. É por meio da mobilização popular, da organização dos comitês de luta contra o golpe, da agitação e propaganda contra a prisão do ex-presidente.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas