Sem Trump e Netanyahu, posse de Bolsonaro terá presidente do Paraguai como “grande” atração

Colorado Party's presidential candidate Mario Abdo Benitez  attends a campaign rally ahead of the April 22 election in Itaugua

Da redação –  O presidente do Paraguai está confirmado para vir à posse do presidente ilegítimo Jair Bolsonaro, no dia 1º. Mario Abdo Benítez, também de extrema-direita, foi “eleito” também em um país sob um golpe de Estado, em que a direita derrubou um governo nacionalista burguês e passou a controlar o regime político. Sua presença na posse do golpista Bolsonaro foi confirmada hoje por Luis Alberto Castiglioni, ministro das Relações Exteriores.

A direita voltou ao poder no Paraguai, após um breve intervalo, com um golpe de Estado levado adiante em 2012. O então presidente Fernando Lugo foi tirado do cargo em um impeachment relâmpago, julgado em um único dia. Desde então, no controle do regime e das eleições, a direita tratou de garantir de forma fraudulenta a presidência, sempre a serviço do imperialismo e de interesses estrangeiros. Modelos que a direita quer seguir também no Brasil.