Segurança de governadora do PT é executado no RN

figueiredo

O soldado da Polícia Militar João Maria Figueiredo da Silva, 36, foi morto a tiros na última sexta-feira, 21, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal.

Figueiredo, de acordo com relatório policial, foi assassinado por dois homens quando passava de moto numa via próxima à estrada que leva ao aeroporto internacional Aluízio Alves. O segurança foi atingido no ombro e ainda tentou fugir, mas foi alvejado por três tiros na cabeça.

João Maria Figueiredo, é filiado ao PT e  foi o segurança particular na campanha eleitoral da governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT). Foi uma execução sumária. Ele morreu no local e os assaltantes fugiram levando sua arma, mas sua moto e os documentos pessoais não foram roubados. O crime tem todos os indícios de ser premeditado já que o local onde Figueiredo foi morto era seu trajeto percorrido diariamente.

O policial iria fazer parte da equipe da governadora petista a partir do próximo dia 1º e era membro ativo do grupo Policiais Antifascismo.

A execução do segurança da governadora indica mais uma ofensiva da direita contra a esquerda e os movimentos sociais. É bom ressaltar que a governadora Fátima Bezerra do Rio Grande do Norte é uma das figuras públicas do PT que lutou contra o golpe e luta pela Liberdade de Lula.