Crise sanitária no país
Estudo foi feito pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. O número de infectados no país pode ultrapassar 1 milhão.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
brasil mortos flores grande720
Mulheres lamentando falecidos por coronavírus em Manaus. Imagem: Reuters/Bruno Kelly |

Da redação – Um estudo publicado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP), revela que o número de infectados do coronavírus no Brasil pode ultrapassar a marca de 1 milhão. Mais exatamente, 1.657.752, até o dia 4 de maio. Em variações previstas no estudo, no melhor dos casos poderia ser 1.345.034 ou no pior dos casos, 2.021.177. Todos os números são muito piores do que os oficiais, que apontam para pouco mais de 100 mil casos.

Em entrevista concedida ao Wall Street Journal, o pesquisador Domingos Alves aponta o Brasil como o novo epicentro da crise do coronavírus, se levar em consideração essas estimativas, superando os EUA. Essa estimativa é feita com base na taxa de letalidade do vírus na Coréia do Sul, que vem fazendo testes em massa na sua população. O Brasil faz os testes apenas em casos graves.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas