Em Paranaguá(PR)
A manifestação é uma denúncia do governo genocida de Bolsonaro, que matou mais de 150 mil pessoas, reflete e impulsiona a campanha pelo Fora Bolsonaro e todos os golpistas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Morte a Bolsonaro em Paranaguá-PR
Sede do Partido Patriotas em Paranaguá(PR) onde funciona o Aliança Pelo Brasil | Reprodução: Facebook

Neste domingo (18), a sede do Patriotas em Paranaguá-PR, onde funciona o Aliança Pelo Brasil, amanheceu com a escrita “Morte a Bolsonaro”.

Resposta clara ao genocídio liderado pelo governo golpista de Bolsonaro, que matou mais de 150 mil pessoas de coronavírus no país, a manifestação irritou os bolsonaristas, que se transformaram, de súbito, em “defensores da democracia”.

A página bolsonarista Verdades de Paranaguá, lamentou no facebook:

“Ato inexplicável da intolerância política. Um crime com ato político, onde a discriminação de pensamento interfere na democracia.”

Diferente do que é falado pelos bolsonaristas no vídeo, no entanto, a reivindicação de morte ao presidente fascista é uma manifestação democrática, pois é uma forma de denunciar e repudiar o governo criminoso de Jair Bolsonaro, responsável pela mote de mais de 153 mil brasileiros.

No vídeo, o candidato bolsonarista a prefeito pelo Patriotas, Julinho Lima – que é procurador do município na gestão do atual do candidato a reeleição Marcelo Roque (Podemos) – disse que já é a terceira vez que a sede, onde funciona o comitê de campanha, é pichada durante as eleições.

O episódio mostra uma pequena parte do repúdio e do ódio que a população tem do governo de Bolsonaro, que é resultado do golpe de Estado de 2016, que derrubou a presidenta Dilma Rousseff (PT) e da fraude eleitoral que condenou, prendeu e cassou o ex-presidente Lula, impedindo-o de ser candidato em 2018.

Mesmo com toda a manipulação da imprensa burguesa (Globo, Record, Band, SBT e afins) hoje é claro para a maioria da população que Bolsonaro só foi eleito porque o povo foi impedido de votar em Lula, que teria vencido possivelmente já no 1º turno.

Por isso, quando alguma pessoa reivindica morte a um governo que tem causado centenas de milhares de mortes, não se trata de terrorismo, mas sim de combater o terrorismo de Estado, de um governo que é inimigo da imensa maioria dos 210 milhões de brasileiros, que oprime a população e as faz vítimas do desemprego, da miséria e da pandemia.

Essa revolta da população fica contida a todo momento e acaba se expressando em episódios pontuais cada vez mais frequentes, o que é um reflexo e um impulso da campanha pelo Fora Bolsonaro e todos os golpistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas