Secretário de Assuntos Fundiários ataca Funai e defende exploração de terras indígenas por mineradoras
imagem_materia
Secretário de Assuntos Fundiários ataca Funai e defende exploração de terras indígenas por mineradoras
imagem_materia

Com a ascensão da extrema-direita no cenário político, o governo ilegítimo de Bolsonaro colocou seus lacaios fascistas a postos para atacar a população de conjunto. O secretário de Assuntos Fundiários é um deles. Nabhan Garcia, já possui um longo histórico com a questão ruralista, ou seja, uma trajetória de ataques contra a população camponesa e as terras indígenas. Não é a toa que é o presidente nacional da União Democrática Ruralista (UDR), uma milícia fascista de latifundiários contra os trabalhadores rurais.

Nessa semana, o bolsonarista propôs duros ataques contra a Funai, se tratando da demarcação de terras indígenas. O secretário afirmou que os índios não contribuem para o desenvolvimento do País e que a demarcação de terras seria um impedimento para tal, defendendo abertamente a exploração de mineradoras nas terras indígenas. Quando o organizador de milícias ruralistas afirma que os índios vivem na miséria, e por isso deveriam ser produtores, se esquece cinicamente que os mesmos só estão nessa situação devido aos ataques de latifundiários e aos massacres ali promovidos.

Nabhan Garcia afirma rotundamente, quer acabar com a preservação de terras indígenas e massacrar a população indígena de uma vez. Seu discurso fascista denota isso muito claramente, criticou ações da Funai e pediu que parte das demarcações fossem passadas para sua secretária, ou seja, não é uma questão de conceder imediatamente essas demarcações, mas sim explorar e entregar nas mãos de mineradoras assassinas como a Samarco e a Vale, responsáveis por deixar comunidades em risco.

Nesse sentido, é preciso se organizar contra mais esse ataque do bolsonarismo contra as terras indígenas. É necessária uma grande mobilização que vise barrar as medidas dos latifundiários, mobilizar todos os setores em defesa dos povos indígenas.