Sarampo: governo golpista é responsável por maior surto desde FHC, com 1.053 casos confirmados e 4.576 suspeitos

Viral Diseases - Hand Infected - Hand foot and mouth disease HFMD

Da redação – Um novo surto de sarampo preocupa a população brasileira pelo número assustador de 1.053 casos confirmados e 4.576 casos suspeitos em investigação. Essa situação calamitosa não era vista no Brasil desde 99, quando se confirmaram 1999 atingidos em pleno governo de miséria .

As condições de saúde do povo brasileiro voltaram a regredir drasticamente após o golpe, lembrando a época de miséria de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e seu Ministro da Saúde, José Serra (PSDB). Agora, o novo – velho – golpista, Michel Temer (MDB), é responsável por novos surtos, ou retorno, de epidemias que anteriormente foram controladas, sendo a mais atual e alarmante, o sarampo.

Além dos casos confirmados, os mais de 4 mil e 500 casos suspeitos, assustam. Segundo o ministério golpista, os dados deste ano consideram o período de fevereiro até 30 de julho, somando, ao todo sete estados com registros. O estado do Amazonas e sua capital, Manaus, é a mais atingidas, seguida por Roraima, com 280 casos, esses dois somando 97% dos casos do país todo.

Vale lembrar aos trabalhadores alguns dados de décadas, para não ficar no ar a impressão de que a acusação contra os governos direitistas, inimigos do povo, não tem fundamento. Segundo matéria do site da CONDSEF (Confederação dos Trabalhadores do Serviço Público Federal), filiada a Central Única dos Trabalhadores (CUT), “o IPEA demonstrou, no Brasil, que mais de 50 milhões de brasileiros viviam abaixo da linha de pobreza em 1999. Essas pessoas são as atuais e as futuras portadoras das doenças de pobres e também são as mais atingidas pelos males que não escolhem classe social. Qualquer governo sério sabe muito bem que a miséria é um convite para as doenças. E é isso que está acontecendo no Brasil desde o primeiro governo de FHC, chegando ao ponto no qual nos encontramos hoje. Na verdade, os mais de 10 mil casos de dengue no Rio de Janeiro, dentre os quais cerca de 300 são notificados como hemorrágicos e causaram a morte de 5 pessoas, possuem na miséria a principal razão. E o quadro no Rio de Janeiro é uma indicação da calamidade que está para acontecer no País”.

É essa situação do golpismo no Brasil, levar os trabalhadores direto para a miséria já conhecida anteriormente, sem leis trabalhistas, sem moradia, sem condições básicas de saúde. É preciso derrotar o golpe, libertar Lula e lutar por sua candidatura imediatamente, invadindo Brasília no próximo dia 15 de agosto para cessar com todas essas medidas contra o povo.