Em vídeo
Ativista chegou a ser presa em junho

Por: Redação do Diário Causa Operária

Nesta segunda-feira (5), a militante fascista Sara Winter publicou um vídeo nas redes sociais queixando-se do “abandono” de Jair Bolsonaro e da ministra Damares Alves. Winter foi presa em junho durante uma operação da direita golpista contra os atos que foram chamados de “antidemocráticos”. O objetivo, no período, era criar condições para reprimir ainda mais as manifestações de rua, sobretudo as manifestações da esquerda contra o governo Bolsonaro.

No vídeo, Sara Winter chorou e disse:

“Quando você luta por algo que você acredita, você está disposta a dar a vida. Mas quando você vê aquilo que você acredita indo na contramão do que você luta, você entra em parafuso. (…) Tem horas que eu só queria gritar para alguém me ajudar, mas não existe esse alguém. Eu vou ter que levantar e resolver os meus problemas. E não tem Bolsonaro para ajudar, não tem Damares para ajudar”.

Send this to a friend