Coronavírus
O aumento no número de internações em 18% no mês de novembro fez com que a quarentena fosse prorrogada no estado de São Paulo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Coronavirus-Foto-Divulgacao-OMS
Ilustração do coronavírus (SARS-CoV-2). | Reprodução.

Nesta terça-feira (17), decreto do governador João Doria (PSDB) publicado no Diário Oficial do Estado prorrogou a quarentena no estado de São Paulo até dia 16 de dezembro.

Um dos motivos para a prorrogação da quarentena é o aumento no número de internações pelo coronavírus em novembro, algo que o governo negava que estivesse ocorrendo.  As internações aumentaram 18%, de 859 para 1009, na semana que vai do dia 08 a 14 sobre a semana anterior. Nos últimos dias, o governo estadual não divulgou os dados relativos ao COVID-19, com alegações de problemas no sistema federal de dados.

A manipulação consciente dos dados por parte do governo paulista dificulta uma noção da real dimensão da pandemia. Os dados são subnotificados.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas