A Voz do Povo!
O Conselho Popular de Vargem Grande lança a sua imprensa própria. Uma grande conquista da classe trabalhadora
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
conselho-de-bairro-vargem-grande6
Reunião do Conselho Popular de Vargem Grande | Foto: Diário Causa Operária

As atividades de mutirões realizadas pelo Partido da Causa Operária todos os domingos já são tradicionais e conhecidas por todos os simpatizantes e pessoas próximas do Partido. A atividade começou após o golpe de 2016, quando o PCO viu a necessidade de colocar os militantes nas ruas de todas as cidades em que estava organizado para fazer uma ampla campanha pela anulação do impeachment de Dilma Rousseff. A atividade continuou com a prisão de Lula, com um abaixo-assinado pedindo sua liberdade e anulação de todos os processos contra ele. 

Com a quarentena, o mutirão de domingo adquiriu uma característica diferente: em vez de os militantes estarem em alguma rua movimentada das cidades colhendo assinaturas e distribuindo materiais para os passantes, eles passaram a visitar a classe trabalhadora direto em suas casas, indo até os bairros populares das cidades e passando de porta em porta para conversar com os moradores sobre questões como o coronavírus, a luta pelo “Fora Bolsonaro” e os problemas do bairro e da classe trabalhadora em geral.

Essa atividade gerou os Conselhos Populares, que fazem reuniões todos os domingos após o mutirão, e são formados tanto pelos militantes e simpatizantes do PCO que lá estão, quanto pelos moradores dos bairros. No município de São Paulo, já foram formados conselhos nos bairros de Vargem Grande, na extrema Zona Sul e no Jardim da Conquista, uma comunidade localizada no bairro de São Mateus, na extrema Zona Leste.

Uma grande conquista do Comitê Popular de Vargem Grande é a publicação de seu jornal semanal, o boletim “A Voz do Bairro”. Nele, constam matérias referentes à situação dos moradores diante do cenário da pandemia e de outras conjunturas políticas. É uma maneira de organizar a luta da classe trabalhadora e trazer à luz questões referentes ao seu cotidiano, o qual é sempre ignorado pela imprensa capitalista pertencente à burguesia.

A primeira edição, publicada na semana passada teve uma tiragem de 500 exemplares, todos distribuídos para os moradores em uma atividade de panfletagem realizada nas ruas. Nela, havia textos discutindo a importância da formação dos Conselhos Populares de Bairro, além do “Manifesto do Conselho Popular de Vargem Grande”, que foi redigido junto com os moradores e que lista as suas exigências com relação ao problema do coronavírus e da crise econômica que assolam o país e para os quais os governantes ilegítimos da extrema-direita não apresentam nenhuma solução.

A segunda edição, que será distribuída nesse final de semana, trata da participação dos membros do Conselho Popular de Vargem Grande no próximo Ato pelo “Fora Bolsonaro”, que ocorrerá dia 13 de junho, na Avenida Paulista, em frente ao vão do Masp, às 16 horas. Além disso, ele também traz uma matéria sobre a formação do novo Conselho Popular do Jardim da Conquista, em São Mateus. Confira abaixo os boletins completos, em formato pdf:

vargem grande_boletim 1

vargem grande_boletim 2

O objetivo dessas atividades é o de mobilizar a população das periferias para exigir do poder público o atendimento de suas reivindicações mais sentidas, particularmente as que dizem respeito à pandemia, ao desemprego e à fome.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas