Eleições Municipais
São Paulo, principal cidade do País, é a única capital com menos de 1% de apuração dos votos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
A Brazilian electoral worker checks electronic ballot boxes in Brasilia, Brazil September 19, 2018. REUTERS/Adriano Machado
Urna | Reprodução

São Paulo, principal cidade do país, é a única capital com menos de 1% de apuração dos votos, enquanto em algumas capitais como Florianópolis (SC) a apuração já foi concluída. Em diversos estados com um fuso horário diferente, em que a votação terminou depois, o resultado está mais avançado.

Waldir Sebastião de Nuevo Campor Junior, presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), declarou que “houve um gargalo no processamento e totalização dos votos. Creio que justamente o processador que recebeu os votos de São Paulo teve esse problema.”

Logo em São Paulo, onde as pesquisas finais evidenciaram o esquema de manipulação em favor dos candidatos do PSDB – que comanda a cidade há mais de 20 anos – e do PSOL – maior apoiador da frente ampla com a burguesia -, o resultado “misteriosamente” não sai do lugar.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas