Mortes por coronavírus em SP
Número pode estar abaixo da realidade, dados foram coletados dos maiores cemitérios públicos da cidade.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
coveiros coronavírus
Sepultadores do Cemitério da Vila Formosa, o maior da América Latina. Yan Boechat/Folhapress |

Da redação – Na última semana, os maiores cemitérios públicos de São Paulo – Vila Nova Cachoeirinha, Tremembé, São Luiz, Quarta Parada e Vila Formosa – relataram estar recebendo entre 4 e 6 corpos de pessoas mortas com suspeita de Covid-19 por dia. A confirmação da infecção pelo coronavírus é impossível de ser feita antes que sejam realizados os testes, porém os sintomas dos falecidos se encaixam com os da doença.

O atraso na entrega dos testes se dá devido à sobrecarga no Instituto Adolfo Lutz, que é o único responsável por todos os testes enviados pelos hospitais da rede pública de São Paulo.

A estimativa é feita apenas entre esses principais cemitérios públicos da cidade e deve subestimar a realidade total. A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo se recusa a divulgar os números totais dos mortos por suspeita de coronavírus, assim como o Serviço Funerário Municipal da capital.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas