Menu da Rede

São Paulo alagada: desastre anunciado desde os cortes de Doria na prevenção de enchentes

Tempo de Leitura: 2 Minutos

Publicidade

No último domingo (21), as fortes chuvas que assolaram a capital paulista provocaram alagamentos em Vila Madalena, Pinheiros, e Itaim Paulista, na Zona Leste. As enchentes arrastaram vários veículos e pedestres, registrando-se ainda quedas de árvores em diversos locais, e colocando em estado de atenção as zonas Leste, Oeste, Sudeste, o Centro e as marginais Tietê e Pinheiros.

Trata-se de um desastre anunciado em 2017, quando o prefeito almofadinha cortou parte substancial do orçamento da prefeitura em obras de contenção de alagamento de enchentes. No planejamento de Dória, apenas 10% das obras da Operação Chuvas de Verão seriam entregues antes de fevereiro, o que certamente provocaria os desastres ocorridos neste domingo.

Chuvas torrenciais são fenômenos naturais, mas em regiões densamente urbanizadas como São Paulo, os alagamentos não são frutos do acaso, mas da falta de planejamento e manutenção das redes de escoamento de águas pluviais. Com a impermeabilização do solo urbano, grandes volumes de água necessitam de galerias bem dimensionadas e desobstruídas, capazes de prover a vazão necessária. Além disso, bacias de contenção devem ser estrategicamente distribuídas em áreas críticas.

De modo análogo, a queda de árvores em áreas urbanas não é mero fenômeno natural. As árvores necessitam de poda e corte de acordo com diagnóstico feito por um setor específico da prefeitura. Se uma árvore ou um galho cai durante chuvas ou ventos fortes, trata-se de desmazelo da administração municipal.

Dória se vendeu a São Paulo como um “gestor eficiente”, mas tem cortado todos os investimentos do poder público na infra-estrutura urbana. Dória mostra empenho apenas em vender São Paulo, privatizando seus parques, mercados, terminais de transporte. O sucateamento da infra-estrutura tem um objetivo claro, que segue a cartilha do neoliberalismo: desvalorizar para vender mais barato. A população já vem sofrendo as consequências dessa política, e certamente será cada vez mais apenada à medida em que os empresários que apoiam a política do prefeito almofadinha se assenhorarem de cada vez mais serviços públicos.

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Trótski: vida e obra | Curso completo (35ª Universidade de Férias do PCO)

676 Visualizações 12 horas Atrás

Watch Now

Send this to a friend