Menu da Rede

Antônio Carlos Silva

Na fila para ser canonizado

São João Doria da Vacina

A luta contra o coronavírus apresentou ao Brasil (quiçá ao mundo, veremos) um novo candidato... não só à presidência da República, mas também à santificação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Prova do milagre
Na matemática de São Doria da Vacina, 433.739 não foi o suficiente… A fé em seu futuro mandato o elevou a 433.739.000

Cinquenta e dois candidatos podem ser deixados para trás quando João Doria furar a fila e tiver seus milagres atestados pelo Vaticano antes dos demais governantes brasileiros. Esses 52 bem-aventurados que estão esperando o aval de sua santidade podem ter que esperar mais um pouco para apensarem a seus nomes o prefixo “santo” ou “são”. Os milagres de São João Doria (que me perdoem a heresia por conferir-lhe o título antes que o santo padre o faça), bem como sua sabedoria e benevolência, são comprovados diariamente pela imprensa burguesa que se converteu em “dorista” já há muito tempo.

O feito mais recente de São Doria, a vacina, se desdobrou em uma onda de milagres nunca vistos. Desafiando façanhas com pães e peixes, Doria, ouso dizer, fez mais: multiplicou e dividiu uma vacina que não existe. Transformou uma amostra grátis importada em produto nacional de larga escala. Salvou todo o povo brasileiro com uma câmera fotográfica e uma simples ampola concedida a ele a título de degustação. Fê-la circular o país inteiro e, mesmo que não chegassem mais de 10 unidades em alguns recantos escondidos de nossa terra, sua palavra garantiu paz e tranquilidade: fará mais pelo Brasil do que já está fazendo pelo povo paulista quando o elegerem presidente. Esta promessa vem a nós pela palavra dos profetas impressos e elétricos, que anunciam que Doria está prestes a livrar o Brasil de todo o mal.

Mas seus milagres não se reduzem apenas a proezas matemáticas. No limiar entre ciência e fé, São Dória garantiu ao povo de seu Estado que trabalhar os livraria da doença e, ao mesmo tempo, combateu a preguiça e a ociosidade mostrando o caminho do inferno aos infiéis que ousassem festejar o fim do ano. Fez o vírus desaparecer sem álcool gel e testes e a doença deixar de se propagar e clamar vidas durante a campanha eleitoral.

São Doria protagonizou ainda uma passagem importante da teologia. Dizem alguns apócrifos que Doria nem sempre foi benévolo e providente. Teria chegado às alturas de onde fala hoje a todo o Brasil trilhando o mesmo caminho que levou seu antagonista ao Planalto. Dizem alguns que Doria foi uma vez um demônio e que juntou-se a “você sabe quem”, mas, diferentemente de Lúcifer, ascendeu do inferno à terra para reinar em paz os paulistas com asas e auréola.

É assunto controverso entre jornalistas, colunistas e editorialistas – esses profetas e teólogos do presente. Sabem, no entanto, perfeitamente conviver com a santa contradição. Não há mal que intimide Doria, pois do mal conhece profundamente. Doria é bem e mal. É Bolso e… Doria.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.