São Bernardo do Campo: GCM de tucanos retira moradores à força e derruba casas sem mandato

demolição

Da redação – Uma denuncia de moradores do bairro Pós-Balsa, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, foi enviada ao Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana de São Paulo (Condepe) sobre a conhecida truculência da Guarda Civil Metropolitana (GCM). O caso foi desencadeado quando a guarda cumpria uma ordem do prefeito Orlando Morando (PSDB), para demolir moradias na região, sem mandato, seguindo as ordens dos tucanos e utilizando a força para retirar pessoas e botar as casas abaixo.

A entidade está condenando amplamente as operações de violação aos direitos humanos e exigindo o fim do processo de retirada das famílias, e após reunião, a presidenta do Condepe, Maria Nazareth Cupertino, condenou toda a ação. “São demolições completamente fora das legislações e que violam direitos humanos. Eles vão à noite, quando as pessoas não conseguem se organizar, vão aos finais de semana, quando os serviços de proteção não estão abertos para fazer a acolhida dessas pessoas e usam muita violência, principalmente a GCM.”

Segue vídeo da denúncia: