Inflação
Capital baiana registra aumento de 32,89% no preço dos alimentos da cesta básica em 2020.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
cesta basica
Cestas básicas. | Foto: Reprodução

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), através da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, indicou que a Salvador, capital da Bahia, registrou, em 2020, alta de 32,89% no preço dos alimentos que compõem a cesta básica, valor mais alto dentre todas as capitais.

O valor da cesta básica na cidade fechou dezembro em R$479,08, o quinto maior valor do Brasil. Isto é um valor absurdo e que mostra que a população não apenas Salvador, mas todo estado da Bahia, encontra-se em estado de fome e miséria. O preço da cesta báscia é quase metade de um salário minimo e mais de 50% a mais do que o auxílio emergencial, ao qual 41% dos baianos receberam. Além disto, Salvador é conhecida como a capital do desemprego, com quase 20% da sua população desempregada.

Esta é a prova que a luta do Partido da Causa Operária (PCO) por um salário mínimo vital de R$4 mil e por aumento e manutenção do auxílio emergencial é mais do que necessária para conter a fome e a miséria que a população está submetida.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas