Rússia sai em defesa da Venezuela contra ameaças de invasão de Trump

Putin Maduro

Da redação – O diretor do departamento latino-americano do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Alexander Schetinin, saiu em defesa da Venezuela em entrevista ao Sputnik nesta quinta-feira (5), afirmando que considera inadmissível o uso da força para a invasão do país soberano.

Schetinin ressaltou que “o uso da força não resolverá o problema na Venezuela, mas exacerbará ainda mais a crise que o país está experimentando…Nós consideramos absolutamente inadmissível, em primeiro lugar, porque nos opomos por convicção à política de sanções, limitações e restrições em um país soberano”.

A declaração do diretor opõe-se às ameaças do presidente dos EUA, Donald Trump, de intervenção militar na Venezuela.