Vacina contra o coronavírus
O Ministério da Saúde russo anunciou que já está vacinando médicos e professores com a nova vacina. O restante da população será vacinado em janeiro.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Sputnik V - Russia
Sputnik V, a vacina russa que já está pronta e sendo testada em humanos. | Foto por: reprodução.

O Ministério da Saúde russo informou nesta segunda (07) que a vacina Sputnik V contra o coronavírus, teve todas as etapas de testes e controle de qualidade concluídas e começou a ser testada na população.

Os primeiros grupos a receber serão os profissionais da saúde e professores. Em seguida o governo planeja a distribuição da vacina para todo o país e início da vacinação em massa para 01 de janeiro de 2021.

A Sputnik V foi desenvolvida pelo Centro Nacional de Investigação de Epidemologia e Microbiologia Gamaleya, em Moscou, foi registrada em 11 de agosto. Foi criada de forma totalmente artificial, sem a presença do coronavírus na sua composição, prevê-se garantir a imunidade por até dois anos.

Até o momento a Rússia já recebeu a pedidos de mais de 20 países para a compra de mais de 1 milhão de doses da vacina.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas