Internacional
O porta-voz adjunto do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Alexéi Zaitsev, reivindicou o fim das sanções americanas impostas à Venezuela.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
s3.reutersmedia.net
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o presidente Nicolás Maduro. | REUTERS

O porta-voz adjunto do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Alexéi Zaitsev, reivindicou o fim das sanções americanas impostas à Venezuela, que têm o objetivo de bloquear o investimento estrangeiro no país sul-americano e impedir a compra de remédios e alimentos pelo governo chavista.

Zaitsev disse que o fim das sanções é um passo fundamental para que os venezuelanos possam enfrentar, de maneira efetiva, a pandemia do COVID-19. Ele ainda assinalou que ativos no valor de centenas de milhões de dólares estão congelados ilegalmente pelos Estados Unidos.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas