HAMBURGUER_1
SHARE

Rússia x imperialismo

Rússia denuncia sanções imperialistas e chama de “desespero”

Porta-voz do governo russo denuncia sanções dos países imperialistas e expõe desespero por perda de influência para Rússia e outros países.

Tempo de Leitura: < 1

Porta-voz, Maria Zakharova. – Foto por: reprodução.

Publicidade

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, afirmou nesta segunda (03) que o governo vê as recentes sanções impostas pelos Estados Unidos e por países da União Europeia como um “gesto de desespero” frente ao sucesso da economia russa em aumentar as suas relações com outros países, melhorando a sua competitividade contra as economias imperialistas.

Afirmou Zakharova: “Vemos as sanções contra a Rússia cada vez mais como um gesto de desespero devido à incapacidade das elites locais de aceitar novas realidades, abandonar os estereótipos do “pensamento de bloco” e reconhecer o direito da Rússia de determinar independentemente suas formas de desenvolvimento e estabelecer relações com seus parceiros“.

No começo do mês de abril o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou sanções contra uma série de empresas e pessoas russas por supostas “ações do governo e serviços de inteligência [russos] contra a soberania e os interesses dos EUA“.

As declarações da porta-voz ao canal de notícias Rússia Today (RT) ainda foram mais contundentes, ao se referir aos motivos de tais medidas:

As medidas dos americanos visam “preservar a todo custo a posição dominante, que está sendo gradualmente perdida, bem como mascarar o protecionismo comercial e desviar a atenção dos problemas domésticos”.

Às sanções o governo russo tem reiterado e que responde na mesma moeda, sancionando empresas e figuras norte-americanas ligadas à política intervencionista do país.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Mais Lidas
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTT

Brecheret, o estandarte de guerra do modernismo brasileiro, parte 3 - Quarto Caderno (Reprise)

11 Visualizações 33 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend