Um passo contra o COVID
A vacina Sputnik V foi a primeira a ser lançada, e novas pesquisas são feitas.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
20201111071152_7720bd33999f73abbfe67cf039a379c75beac70f4a24fd217306b080242f1260
Vacina russa garante imunização maior que as demais. | REUTERS/Tatyana Makeyeva

Aleksander Gintsburg, diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, anunciou que a vacina Sputnik V poderá fornecer até dois anos de imunidade contra o novo coronavírus.

Segundo o mesmo, a imunidade fornecida pela vacina é superior as concorrentes, que oferecem quatro ou cinco meses de imunização.

“​A Sputnik V já está salvando vidas de trabalhadores do grupo de alto risco na Rússia. Nós recebemos pedidos de 1,2 bilhão de doses de 50 países. A tecnologia da Sputnik V baseada em vetores de adenovírus humano será um avanço para derrotar a pandemia em 2021.”

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas