Inquérito das fake news
Em relação a fala do Ministro do STF, Dias Tofolli “em primeira mão” de que há financiamento internacional para desestabilizar o país, o presidente nacional do PCO questionou

Por: Redação do Diário Causa Operária

Em entrevista exibida na madrugada desta segunda-feira (22) para o Canal Livre, da Rede Bandeirantes, o Ministro do Supremo Tribunal, José Antônio Dias Tofolli, falou sobre o inquérito das fake news que identificou “financiamento internacional a atores que usam as redes sociais para fazer campanhas contra as instituições brasileiras, em especial o STF e o Congresso Nacional”.

“O Ministro Alexandre de Moraes – autorizado por ele – eu não posso dar maiores detalhes a respeito, mas esse inquérito que combate as fake news, e os atos antidemocráticos em quebra de sigilos bancários já identificou financiamento estrangeiro internacional à atores que usam as redes sociais para fazerem campanha contra as instituições em especial o Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional. Ou seja, esta em curso o aprofundamento desses dados de investigação pelo ministro Alexandre de Moraes, o que é gravíssimo. A história do país Mitrê, você sabe muito bem o que isso levou no passado. Financiamentos a grupos radicais seja de extrema direita, seja de extrema esquerda para criar o caos e desestabilizar a democracia em nosso país. Nós estamos identificando isso, isso é gravíssimo. eu não posso dar maiores detalhes mais é fundamental ir a fundo nesta questão” afirmou Dias Tofolli.

Através de sua conta no Twitter o Presidente do PCO – Partido da Causa Operária – Rui Costa Pimenta, questionou a fala do Ministro da Suprema Corte.

Em sua entrevista à Band News ontem o ministro do STF Dias Tóffoli declara “em primeira mão” que há financiamento internacional para desestabilizar o País, “seja de extrema-direita, seja de EXTREMA-ESQUERDA”. Quem está sendo investigado e porque?

Send this to a friend