Siga o DCO nas redes sociais

Marcha à sede da PF
Rui Costa Pimenta em Curitiba: “o ato é uma realização extraordinária”
Presidente do PCO dá suas considerações sobre o ato e concorda que essas manifestações devem se espalhar por todo o Brasil
8300ba78-f037-4236-87c3-63fd455a5e32
Marcha à sede da PF
Rui Costa Pimenta em Curitiba: “o ato é uma realização extraordinária”
Presidente do PCO dá suas considerações sobre o ato e concorda que essas manifestações devem se espalhar por todo o Brasil
Rui Costa Pimenta no ato em Curitiba. Foto: Diário Causa Operária
8300ba78-f037-4236-87c3-63fd455a5e32
Rui Costa Pimenta no ato em Curitiba. Foto: Diário Causa Operária

Da redação – O companheiro Rui Costa Pimenta, presidente do Partido da Causa Operária, dá suas considerações sobre o ato que está ocorrendo agora em Curitiba, pela liberdade de Lula: “Eu acho que o ato é uma realização extraordinária de quem veio, o ato não é um ato muito grande, mais de mil pessoas que estão aqui, mas eu acho que nós começamos a romper essa paralisia que existe em relação às necessidades de luta atuais.”

Como bem lembra o dirigente do PCO, agora é a hora de expandir esses atos e levá-los às grandes capitais de todo o Brasil, afinal, liberdade para Lula e Fora Bolsonaro são duas vontades claras do povo. Sobre a continuidade do ato, Rui afirma que “temos que reproduzir esse ato agora nas principais capitais do País”. Por Curitiba ser o local onde aprisionaram Lula injustamente, de modo totalmente ilegal e fraudulento, é simbólico que o primeiro ato aconteça lá.

Contudo, a luta não se faz só de simbolismo, por isso o PCO convoca todos os movimentos sociais, partidos de esquerda e simpatizantes a ajudar a levar essas manifestações pelo Brasil inteiro. Como bem lembrou Pimenta, está mais do que na hora de romper com essa paralisia que tem tomado conta da esquerda, as condições para uma ofensiva contra a extrema-direita estão dadas, daí a importância de expandir esses atos.

A extrema-direita chegou ao poder através de muita fraude e prisões políticas, como a de Lula, e esse quadro que remonta os moldes políticos da ditadura não pode ter espaço para avançar. A população não irá aguentar quatro anos de Bolsonaro. Por isso o ato de hoje é tão importante e a liberdade de Lula representa tanto para a luta do povo.