Rui Costa Pimenta: “Bolsonaro é produto do golpe de Estado no Brasil”
U.S. President Trump and Brazilian President Bolsonaro hold joint news conference at the White House in Washington
Rui Costa Pimenta: “Bolsonaro é produto do golpe de Estado no Brasil”
U.S. President Trump and Brazilian President Bolsonaro hold joint news conference at the White House in Washington

Rui Costa Pimenta, presidente nacional do Partido da Causa Operária (PCO), transmite ao vivo a Análise Política da Semana, todos os sábados a partir das 11:30 da manhã, direto do Centro Cultural Benjamin Péret (CCBP) de São Paulo. Na análise, ele apresenta uma avaliação marxista dos principais acontecimentos políticos da semana, no sentido de esclarecer à população cada passo da luta de classes no país.

De acordo com o presidente do PCO, o governo de Bolsonaro é fraudulento: um produto do golpe de Estado ocorrido no Brasil com a derrubada da ex-presidente eleita Dilma Rousseff (PT), por meio de um impeachment no ano de 2016, dirigido pelo imperialismo e seus partidos políticos no Brasil, em especial o PSDB. O fato de o governo Bolsonaro ser um governo nascido do golpe de Estado e uma fraude eleitoral monstruosa, explica sua profunda crise nesses quase três meses de existência. Pimenta caracteriza de forma precisa as crises e o caráter do governo Bolsonaro:

“Nós temos um governo que é produto de um golpe de Estado, de uma fraude eleitoral gigantesca. Não é que foi uma fraude eleitoral qualquer, mas uma fraude eleitoral gigantesca. Porque tirar a pessoa que ia ganhar da eleição da eleição é a pior fraude que pode haver, é como se você fosse disputar um campeonato e tirasse todos os outros times do campeonato e jogasse sozinho. Até comprar o juiz é inferior a esse tipo de fraude. A fraude é gigantesca, ninguém vai falar isso daí, porque o pessoal tem medo da imprensa, aí aparecem uns direitistas que vão falar não sei o que e não sei o que lá. Mas nós temos que falar exatamente as coisas como são e não ficar disfarçando.

O governo está completamente na corda bamba, para usar um chavão conhecido, e isso quando ele tomou posse no início de Janeiro e nós estamos em meados de Março… nem chegamos ainda em meados de Março, estamos no primeiro terço de Março. Então, a situação é extremamente delicada. E se o governo não conseguir encaminhar o problema da economia, a situação dele vai se transformar numa situação absolutamente desesperada. Outra variante que temos na situação é que o governo comece a encaminhar o problema da economia ao gosto da burguesia, mas haja uma tal mobilização de massas que o governo perca o controle da situação. A reforma que eles pretendem fazer, do ponto de vista econômico  – e temos que entender isso – só é viável enquanto as massas permanecerem numa atividade de baixa intensidade; se houver uma atividade de alta intensidade das massas trabalhadores e tudo mais, as reformas são completamente inviáveis. Então nós temos o quadro todo do governo Bolsonaro.”

Escute o áudio diretamente da Rádio Causa Operária: https://soundcloud.com/radiocausaoperaria/bolsonaro-e-produto-do-golpe?in=radiocausaoperaria/sets/momentos-analise-politica-da-semana-1