Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bebiannobolsonaro2-1152x744
|

Da redação – Neste momento, Rui Costa Pimenta, presidente nacional do PCO, participa ao vivo da Análise Política, na TV 247, com retransmissão pela Causa Operária TV no YouTube. O programa vai ao ar todas as terças-feiras, às 16h. O primeiro tema abordado foi a crise do governo Bolsonaro diante dos áudios publicados hoje pela revista Veja, que desmentiram o presidente golpista em relação a ter mantido conversas com o ministro demitido da Secretaria-Geral da República, Gustavo Bebianno, que foi substituído pelo general Floriano Peixoto.

Rui Costa Pimenta comentou que “aparentemente, há um esforço para colocar Bolsonaro sob o controle da chamada ‘velha política’”. Uma evidência disso é que todos os alvos têm sido principalmente do PSL ou do baixo clero. É o caso do próprio Bebianno, e também de Onyx Lorenzoni, que era do baixo clero, mas pertence ao DEM e continua no governo apesar do envolvimento em casos de corrupção.

Foram apontados “dois problemas sérios” para o governo Bolsonaro. “Um primeiro problema é colocar a economia no eixo”. E “se fracassar nisso, teremos uma situação explosiva no Brasil”.

O segundo problema é que “a pequena base social de Bolsonaro, uma classe média direitista, vem se esfumaçando diante do fato de que as pessoas não estão dispostas a aceitar o governo Bolsonaro. Um caso sintomático foi a mobilização depois da morte dentro de um supermercado de um negro assassinado por um segurança. Há muitas manifestações de todo o lado de mobilização. Elas ainda não tomaram conta do panorama, mas há tendências a mobilização no país inteiro”.

Assista ao vivo na COTV:

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas