RS: governo Bolsonaro quer privatizar refinaria da Petrobras em Canoas
refap
RS: governo Bolsonaro quer privatizar refinaria da Petrobras em Canoas
refap

O governo golpista de Jair Bolsonaro segue a política de entrega total do patrimônio nacional para o capital estrangeiro. Exemplo disso são as privatizações que o governo quer fazer das principais refinarias do país, como a Alberto Pasqualini (REFAP), situada em Canoas no Rio Grande do Sul.

Além da REFAP, estão na mira das privatizações a  Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná, a Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco e a Refinaria Landulpho Alves (Rlan), em São Francisco do Conde, na Bahia.

De acordo com a Federação Única dos Petroleiros, a FUP, a entrega das refinarias afetaria drasticamente o investimento social que poderia advir se a Petrobrás tivesse controle sobre a exploração do petróleo. Com o fim da Lei de Royaltes de 2013, benefícios para a Educação que significariam mais de 17 mil ônibus escolares, material escolar para 125 milhões de estudantes, custo de um ano de estudo para mais de 600 mil alunos do ensino fundamental e para 150 mil alunos do ensino médio, deixarão de ser repassados.

A única forma de impedir a total entrega do patrimônio nacional para as empresas estrangeiras é por meio da mobilização da classe operária. É preciso mobilizar os trabalhadores contra o governo golpista de Bolsonaro, levantar as palavras de ordem de Fora Bolsonaro e todos os golpistas!