Roubo da Previdência: futuros aposentados vão ganhar muito menos

foto-idoso2_JB

Uma matéria da UOL desta quarta-feira (14), sobre a reforma da Previdência, mostra como a população só tem a perder com essa reforma, que vai tirar o dinheiro e os benefícios da classe trabalhadora e passar para as mãos da burguesia, afinal, é assim que eles se sustentam. A UOL utiliza o exemplo de um publicitário que está a menos de 9 meses de se aposentar, contudo, se o governo dos golpistas conseguir aprovar a reforma da Previdência, o publicitário, que antes conseguiria receber cerca de 3.848,09 reais de aposentadoria, passará a receber 2.621,09 reais, cerca de 30% a menos.

Fica claro o assalto direto ao bolso dos trabalhadores, que não chega nem perto de todos os escândalos de corrupção somados. É assim que a burguesia sanguessuga é sustentada, roubando salário, aposentadoria, etc. da população pobre. A realidade do publicitário da matéria da UOL é a realidade de muitos brasileiros que acabam trabalhando sem carteira assinada, em subempregos, assim, dificultando ainda mais as chances de se aposentarem.

Para muitos, a aposentadoria é a única renda, muitas vezes até para sustentar uma família inteira, então é incabível esse enxugamento no valor das aposentadorias e aumento no tempo de contribuição. Na matéria da UOL, o publicitário de 64 anos afirma que “carteira assinada, nesta altura, acho impossível.” Essa é a realidade da população brasileira, que vai envelhecendo e perdendo espaço no mercado de trabalho, consequentemente, atrasando o pedido pela aposentadoria, sendo obrigados a se submeterem a subempregos.

Quem se aposentar com os requisitos mínimos de contribuição, vai receber somente cerca de 60% da aposentadoria, o que é completamente injusto, já que a pessoa trabalhou a vida inteira. Ou seja, os próximos aposentados pós Reforma vão receber muito menos do que o necessário para ter uma vida confortável. Cerca de 67,5% dos beneficiários recebem um salário mínimo, o governo afirma que isso não irá mudar, já que a aposentadoria não pode ser menor que um salário mínimo, porém, quem consegue se sustentar no Brasil com 998,00 reais?

A classe trabalhadora vem perdendo seu poder econômico e os preços continuam aumentando, as passagens de transporte público aumentaram, a gasolina está perto dos 5,00 reais e o governo continua com suas ofensivas neoliberais para cima da população, que está perto de entrar um completo caos social. É urgente avançar nos mecanismos de derrubada desse governo golpista, é preciso derrotar o golpe para reverter esse processo, e impor uma reversão das políticas neoliberais.