Dissolução Já
Dados comprovam o caráter assassino da Rota
alx_rota_original1
A ala abertamente fascista da PM. Imagem: reprodução. |

Relatório da Ouvidoria da Polícia de São Paulo não deixa sombra de dúvida de qual a real função Polícia Militar: assassinar e impor abuso de autoridade à população pobre do país.

Os dados. Mostram que a tropa mais letal da PM, a Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) matou 98% a mais em 2019 em comparação ao ano anterior. Logicamente que os números são muitos maiores dos dados oficiais, mas mesmo assim são números assustadores. Foram 101 assassinatos cometidos pela Rota, que somados aos 845 assassinatos de PM’s em serviço chega-se a quase mil mortos feitos pela polícia, de um total de 2.778 homicídios intencionais cometidos no estado no ano de 2019.

Os dados da ouvidoria sobre os assassinatos da PM, que tem na figura da ROTA como a sua tropa de elite, revela que essa situação de violência está motivada pelo ataque sistemático do Estado capitalista contra a população pobre. Após um período de vinte anos de ditadura militar, período esse marcado pelo aumento dos assassinatos e torturas e criação da própria ROTA em 1970, onde não se respeitou qualquer direito democrático, centenas de jovens, trabalhadores, militantes operários e da esquerda, foram presos, torturados e mortos, o atual regime “democrático”, com suas policias militares, tem agido como uma verdadeira máquina de guerra contra os trabalhadores, os sem-teto, contra os moradores das periferias, particularmente os jovens, principalmente os negros, e as crianças que “moram” nas ruas. Para comprovar tudo isso basta lembrar que foi a ROTA, com suas metralhadoras e outras armas de grande porte, que entrou atirando e matando centenas de presos indefesos no Presídio do Carandiru, ou mesmo no caso recente de Guararema (SP) em que a Rota assassinou 11 pessoas, etc., etc. e etc.

A Rota atua como a tropa de proteção do partido Nazista e de ataque violento contra seus opositores, Schutzstaffel , abreviada como SS. Protege os poderosos da maneira mais violenta possível como cães adestrados contra os trabalhadores e a população pobre. Um verdadeiro pelotão nazista a serviço de João Doria.

O governo do Estado, na figura do famigerado Doria, é o principal responsável pela violência,  pela ação de seus braços armados, que geram o terror em grande escala, como também pelas medidas econômicas que aos mesmo tempo que promove a transferência de dezenas de bilhões de reais aos banqueiros, aos latifundiários, aos grandes empresários, coloca dezenas de milhões de trabalhadores no desemprego, com suas famílias em estado fome e de miséria.

Da mesma forma do atual governador do estado, a Rota é uma organização fascista criada para, exclusivamente, torturar, assassinar, perseguir os cidadãos pobres, negros, moradores da periferia, as organizações dos trabalhadores, etc., que precisa ser dissolvida por maio da mobilização popular e substituída por milícias populares composta por cidadãos comuns armados que prestem serviços de segurança da sua própria comunidade.

Relacionadas