Em meio à pandemia
Ministra do STF suspendeu decisão de juiz local e decidiu dar prosseguimento à detenção de jovens na cidade
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
rosa weber
Rosa Weber | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), tomou decisão contrária à do Juiz da Vara de Infância e Juventude de Macapá, que havia suspendido o cumprimento de mandados de busca e apreensão em aberto contra adolescentes infratores. Corretamente, o juiz havia tomado a medida para impedir que o coronavírus se espalhasse entre os jovens detidos.

A decisão de Rosa Weber é praticamente uma sentença de morte para os jovens de Macapá, que continuarão a ser aglomerados nas casas de detenção. Na última semana, a ministra já havia determinado que um jovem permanecesse preso por ter roubado dois frascos de xampu.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas