Greve Nacional da Educação
É preciso reabrir os sindicatos e realizar assembleias para deflagrar uma greve nacional contra os golpistas
DSC06642
Mobilização dos professores | Foto: Reprodução
DSC06642
Mobilização dos professores | Foto: Reprodução

Com o início da pandemia em março de 2020, as aulas foram suspensas, porém existe estudos que o PIB mundial irá cair quase 1,5% devido a suspensão das aulas.

O imperalismo está desesperado para que retornem as aulas, pois estão perdendo muito dinheiro. Que os capitalistas percam dinheiro, os estudantes, professores e funcionários de escolas não podem perder a vida para que os bancos lucrem!

Os governadores “científicos” estão manobrando para que as aulas retornem entre setembro e outubro. Estão manipulando dados para justificar a volta as aulas. Mas todas as tentativas de retorno às aulas foram catastróficas.

Um caso em que isso fica claro é no Amazonas, em 20 dias, o número de infectados foi de 30% dos testados, fora os assintomáticos e os que não foram testados.

O governo do Rio de Janeiro, juntamente com o de São Paulo, tem insistido em voltar as aulas presenciais para justificar o ano letivo e salvar a pele dos patrões. Porém a Justiça do Trabalho proibiu a volta às aulas presenciais em escolas particulares do Rio de Janeiro. O retorno estava previsto para o dia 14 de setembro.

Os trabalhadores não devem ter ilusões na justiça, pois hoje proíbe, mas amanhã outro libera. É preciso organizar uma greve da categoria, pois a volta às aulas é eminente.

A realidade mostra que milhares de alunos, professores e funcionários estão sendo vítimas desses genocidas. Quem propõe voltar às aulas nessas condições são as escolas. Não mudaram um tijolo nas escolas, tudo permanece igual: salas superlotadas, falta de banheiros, ventiladores, pia, papel higiênico. Falta de tudo nas escolas públicas.

Os sindicatos, CUT e CNTE tem que se antecipar, pois a volta às aulas somente devem acontecer com o fim da pandemia e com a vacina, pois é uma política genocida com os trabalhadores e seus filhos.

É preciso reabrir os sindicatos e realizar assembleias para deflagrar uma greve nacional contra os golpistas que são os carrascos da população pobre e trabalhadora, que pagará com a própria vida.

Relacionadas
Send this to a friend