Descupa para não pagar
Centena de milhares de pessoas foram tiveram o seu pagamento bloqueados, segundo o governo isso se deveu a suspeita de fraudes na concessão do beneficio
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bloqueio_auxilioemergencial
Auxílio Emergencial: Bloqueio leva pessoas de novo as filas da Caixa | Foto: Reprodução

O pagamento do auxílio emergencial de parte da população pobre brasileira foi bloqueado de forma arbitrária pelo governo fascista de Jair Bolsonaro.

Centena de milhares de pessoas foram tiveram o seu pagamento bloqueados, segundo o governo isso se deveu a suspeita de fraudes na concessão do beneficio. Com isso as agências da caixa amanheceram lotadas de pessoas tentando regularizar a situação de seu auxílio emergencial.

O não pagamento do auxílio justamente às pessoas que mais precisam dele é jogar as pessoas na fome e em situação de desamparo total. E temos ainda que o estado do Rio foi um dos mais afetados pela Pandemia, isso porque antes dela a população mais pobre já vivia em situação de completo abandono.

O mais aberrante dessa situação é que os militares e muito setores da pequena burguesia receberam o auxílio e desses só o tempo dirá quando terão os valores bloqueados ou recuperados. Com o desemprego se alastrando as pessoas não encontram meio pelo qual possam continuar sobrevivendo e em vez da ajuda prometida recebem como tarefa enfrentar o sol e as filas intermináveis nas agências bancarias.

É preciso uma grande mobilização de massas para derrubar esse governo genocida e seus lacaios, que conduzem a população a uma miséria cada vez mais profunda.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas