Abrir escola sem vacina não!
Em Copacabana, no Rio foi detectado o primeiro caso de Covid-19 em aluno de colégio particular
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
escolas3
Escola | Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (22), o Sindicato dos Profissionais das Escolas Particulares do Rio de Janeiro, Sinpro-Rio, denunciou hoje (dia 22/9) a ocorrência do primeiro caso de Covid-19 em escola depois da volta das atividades presenciais nas escolas particulares em Copacabana. Segundo reportagem da rádio CBN, o aluno compareceu normalmente às aulas em um colégio de Copacabana e depois de voltar para casa e apresentar os sintomas da doença, testou positivo para o coronavírus.

O Sinpro-Rio, afirmou que o próprio colégio, em mensagem encaminhada aos professores, admitiu que o aluno contraiu a Covid-19 dias antes do retorno das atividades presenciais. Este é o primeiro caso de coronavírus depois de uma semana de volta às aulas. A escola, mesmo com a proibição do Tribunal de Justiça, reabriu no dia 14 de setembro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas