Siga o DCO nas redes sociais

Rio Branco: queimadas geram 30 mil casos de infecções respiratórias
fumaca
Rio Branco: queimadas geram 30 mil casos de infecções respiratórias
fumaca

Devido à política de incendiar a floresta amazônica levada adiante pelos latifundiários, foram registrados quase 30 mil casos de infecções respiratórias no último dia 10 de agosto, em diferentes unidades de saúde de Rio Branco, no estado do Acre.

No dia 10 de agosto, a região de Novo Progresso teve pelo menos 124 focos de incêndios registrados, tendo um aumento de 300% em comparação ao dia anterior. Já no domingo, o número de casos de incêndios foi de 203, sendo Altamira uma das regiões mais afetadas, contabilizando 194 casos no sábado e 237 no domingo. Vale lembrar ainda que desde que Bolsonaro chegou à presidência, o Ibama não pôde mais continuar fazendo suas fiscalizações na região de Novo Progresso, pois perdeu apoio da Força Nacional e da Polícia Militar.

O aumento extremamente absurdo no número de infecções respiratórias é consequência direta dessa devastação provocada pelos latifundiários.

A única forma de defender a Amazônia de forma consequente é por meio luta e da mobilização contra o golpe de estado. Neste momento, a palavra de ordem central desta luta é Fora Bolsonaro e todos os golpistas. É preciso colocar abaixo todo o regime golpista.