Réveillon Vermelho pela liberdade de Lula e “Fora, Bolsonaro!”, por Juliano Lopes