Repressão: Polícia francesa detém manifestantes que acendiam velas em apoio aos “coletes amarelos”

4856099

Da redação – A polícia francesa deteve na noite de ontem (02), em Paris, vários manifestantes pacíficos que acendiam velas em apoio aos protestos dos “coletes amarelos”, que ocorrem há dois meses no país.

Cerca de 50 pessoas foram à Praça da Concórdia se manifestar em apoio ao movimento. A polícia, então, interveio e levou detido, entre outros, um dos líderes dos “coletes amarelos”, Eric Drouet.

O pretexto para a repressão descabida, segundo o canal France Info, foi que os manifestantes não haviam informado às autoridades sobre o ato no local.

A manifestação foi, particularmente, em homenagem aos milhares de feridos pelas forças de repressão francesas durante as gigantescas e extensas mobilizações por todo o país.

Os protestos, que se iniciaram em 17 de novembro e ocorrem todos os sábados, se espalharam por todas as cidades e por outras camadas sociais, deixando de ser um movimento somente de uma classe trabalhadora e uma pequena-burguesa pobre e desorganizadas para verem somados a eles estudantes e sindicalistas.

Ao todo, mais de um milhão de pessoas já participaram das manifestações desde então, das quais milhares foram brutalmente reprimidas pelas forças de choque e detidas pela polícia.