Repressão nas Escolas: PM invade escola e apreende adolescentes apenas por peidar em sala de aula

SONY DSC

Da redação – Na quarta-feira (3), dois estudantes foram apreendidos pela polícia por soltar pum em sala de aula, em uma escola de Patos de Minas, no Alto Paranaíba.

Uma professora acionou a polícia pois estavam “atrapalhando o andamento da aula”. Fica claro então com os setores bolsonaristas querem atuar.

A política deles é de colocar as escolas nas mãos dos policiais e militares. Desta forma, fica muito mais fácil de reprimir a juventude.

Segundo, o boletim de ocorrência, os jovens de 16 e 17 anos, são da escola estadual Arlindo Porto e têm uma grande ficha de reclamações.

Esse tipo de atitude, “rebelde”, entretanto, revela um caráter despolitizado de revolta contra as escolas, que não tem nenhuma estrutura e apenas servem para aumentar a opressão da juventude.

A política dos bolsonaristas é essa, colocar a PM nas escolas e reprimir a população pelas razões mais absurdas possíveis, como soltar pum em sala de aula.

Veja também: PM prende dois estudantes e usa fuzil para empurrar jovem: protesto em escola estadual em Guarulhos é reprimido