Repressão em alta escala: Doria quer aumentar de 5 para 22 o número de batalhões da ROTA

emn-13

Da redação – O ex-prefeito de São Paulo, João Dória, disse em entrevista à radio Jovem Pan, que pretende aumentar o número de batalhões da ROTA de 5 para 22 unidades. Após a entrevista, o ex Coronel da PM de São Paulo, José Vicente da Silva Filho, se desligou do grupo que cuidava das propostas do ex prefeito para a área de segurança em seu plano de governo para as eleições de outubro de 2018.

O motivo da saída do Coronel foi justamente a proposta de aumento dos batalhões da ROTA.

Chama a atenção que até mesmo um ex-policial Militar tenha discordado da proposta do tucano de aumentar exponencialmente a repressão em São Paulo.

A proposta de Doria tem como objetivo aumentar a capacidade de repressão da polícia o que provocará um genocídio ainda maior da população pobre. A ROTA é conhecida por ter feito parte dos Esquadrões da Morte da Ditadura Militar que prendia, torturava e assassinava civis.