Relatório da Infraero aponta desabastecimento em ao menos sete aeroportos

aeroporto

Nesta quinta feira, 24 de maio, às 11 horas manhã um novo relatório divulgado pela Infraero informa sobre a situação de desabastecimento em ao menos sete aeroportos do país. Segundo o relatório, em razão da greve dos caminhoneiros, sete aeroportos administrados pela Infraero correm serio risco de ficar sem combustível, sendo eles: Recife, Ilhéus, Goiânia, Palmas, Maceió, Carajás (PA), São José dos Campos (SP) e Uberlândia (MG).

O relatório ainda aponta que o aeroorto de Congonhas foi abastecido com 12 caminhões e poderá operar até as 18 horas, mas não fica claro se de hoje ou de amanhã. Existe a possibilidade de o aeroporto operar novo reabastecimento ainda hoje.

O aeroporto de Recife possuía ainda combustível para mais 12 horas de operações, mas provavelmente ficará sem reservas a partir da meia noite, enquanto que em São José dos Campos (SP), as reservas de combustíveis da Shell e da BR estão indisponíveis. O relatório não comenta a respeito dos aeroportos gerenciados pela iniciativa privada, mas que provavelmente estão passando por situação semelhante.

O desabastecimento dos aeroportos é fruto do quarto dia seguido de greve dos caminhoneiros, que protestam contra a política de preços adotada pela Petrobrás que elevou as tarifas. Por enquanto o governo não sinalizou nenhuma mudança significativa nessa política e varias cidades passam por situações de desabastecimento de diversas naturezas.