Golpista impopular
O presidente atual do Equador atinge níveis altíssimos de desaprovação, principalmente por sua má gestão da crise sanitária
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
leninmoreno
O presidente do Equador, Lenín Moreno | Foto: Daniel Tapia/ Reuters

Uma pesquisa realizada pelo Centro Estratégico Latino-Americano de Geopolítica indica que a desaprovação de Lenín Moreno, presidente do Equador, aumentou para 83,4%.

O nível de desaprovação é o mais baixo obtido pelo atual presidente do Equador, apesar de essa tendência à queda ter se apresentado desde o início de seu mandato, porém se acentuou desde o início da pandemia.

Além disso, Correísmo – o apoio ao ex-presidente Rafael Correa – está posicionado como a tendência favorita nas próximas eleições presidenciais, com um nível de preferência de 31,4%.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas