Registro da candidatura de Lula será marcado por grande ato em Brasília

DIA NACIONAL DE MOBILIZAÇÕES

Da redação – No dia 15 de agosto, data em que será registrada a candidatura de Lula no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), será realizada em Brasília uma grande manifestação. O ato público reunirá os movimentos sociais, partidos de esquerda, centrais sindicais, artistas e intelectuais juntamente com os militantes que vem levando adinate a luta contra o Golpe e pela liberdade de Lula.

De acordo com a presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, “É muito importante a movimentação que estamos fazendo aqui fora pela afirmação da candidatura de Lula. Queremos reunir milhares de pessoas no dia e, junto com o povo, confirmá-lo na disputa”. Gleisi ainda comentou a respeito do encontro que teve com o ex-presidente recentemente, afirmando que “Ele está com a cabeça ótima, com a saúde de um garoto de 25 anos. Mais do que indignado pela atuação do Judiciário ele está preocupado com a situação do Brasil. Das crianças brasileiras, com a falta de autonomia do governo, a soberania do país, com a falta de respeito perante o mundo, com a economia. O povo tem que voltar a ter confiança. É isso que ele quer. O povo sabe porque nós já fizemos isso”.

O MST também se pronuncio sobre o ato na figura de um de seus coordenadores nacionais, Alexandre Conceição, que disse “Queremos convocar todos aqueles que acreditam na inocência do Lula e que estão na luta contra o golpe e os ataques à democracia. A marcha é um recado de paz para o Brasil”. O MST também está organizando uma marcha que deverá sair da cidade de Luziânia três dias antes e terminar somando-se ao ato no dia 15.

A CUT também já anunciou sua participação na organização da atividade e pretende mobilizar um grande ontigente de pessoas para o ato. Segundo a vice-presidenta Nacional da CUT, Carmen Foro, “não há como fazer justiça sem ouvir o que o povo quer. E as propostas de Lula estão em sintonia com o desejo da maioria. No ato, vamos estar todos juntos nas ruas de Brasília em sua defesa”.

 

Lula é o candidato mais popular e sem dúvida o único capaz de aplicar uma derrota ao Golpe através de sua vitória eleitoral. Além disso, o líder petista aparece como vencedor em todas as pesquisas eleitorais realizadas até agora, podendo vencer até mesmo no primeiro turno. O ato será um importante passo na luta pela liberdade de Lula, contra perseguição política e pela derrota do golpe de Estado no Brasil.