Regime de escravidão: professores paulistas serão obrigados a trabalhar aos sábados

Alunos da E.E. Ludovina Credidio Peixoto, especial professor aulas de matemática, educação física e ciências.

Durante o ano letivo os professores tem trabalhado diversos sábados, pois os pontos facultativos que são concedidos entre os feriados e os fins de semana, os professores são obrigados a repor, ou terão esse dias descontados.

No primeiro semestre teve diversas “pontes”, no entanto os professores terão que trabalhar diversos sábados para repor essas emendas. Um absurdo, pois o dia que é concedido não deveria ser cobrado.

Os professores tem vivido um regime de escravidão nas escolas, pois os sábados já são pagados naturalmente, então quando os professores trabalham esses dias estão trabalhando de graça.

Se faltam neste trabalho voluntário é descontado o dia, uma aberração que deve ser denunciada pelos professores e combatida energicamente.

Cada dia mais o governo golpista do PSDB e seus lacaios tem imposto um regime de escravidão para os professores e funcionários da educação.

Somente com uma mobilização popular que promova uma rebelião das massas para derrotarmos o golpe e todas as suas medidas retrogradas.