Regime britânico em ruínas: extrema-direita lidera eleições para o Parlamento Europeu no Reino Unido

brexit

No próximo dia 26 o Reino Unido participará das eleições para o parlamento europeu e segundo a pesquisa de intenção de voto encomendada pelo jornal britânico Observer a agência Opinium quem lidera a disputa é o Partido do Brexit de extrema-direita com 34%, os dois partidos tradicionais que se alternam no poder, o Partido Trabalhista e o Partido Conservador tiveram 21% e 11% respectivamente.

O Partido do Brexit é nova organização do ex líder da reacionária UKIP, Nigel Farage, figura reconhecida por sua demagogia anti imigrantes. o politico de extrema direita já declarou também intenção de atacar mais ferozmente o sistema de saudê publico britânico abrindo espaço para o modelo de saúde privado.

A crise levantada com o plebiscito do Brexit e a decomposição do regime com seus partidos tradicionais faz com que a burguesia procure novos agentes e organizações para levar adiante sua política de ataque a população. O surgimento desse partido e seu rápido crescimento eleitoral são explicados a partir disso. Podemos assumir também que boa parte da retórica anti união europeia também faz parte da demagogia de extrema direita, que já começa a suavizar o discurso visto a possibilidade de dominar o parlamento europeu.