Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Se aproxima a discussão do orçamento da União para este ano, e o governo golpista de Michel Temer já planeja usar todo o dinheiro possível para conseguir aprovar a famigerada reforma da Previdência.

O dinheiro aqui, na verdade, são as emendas parlamentares, que servem para agraciar as bases regionais dos deputados e senadores no Congresso Nacional. Considerados os valores em aberto, bem como os valores possíveis de serem pagos este ano, o golpista Temer estima que 30 bilhões de reais poderão ser gastos com parlamentares e as suas emendas.

E não é só. A lei eleitoral determina a proibição de repasses de recursos do governo federal para emendas parlamentares em até três meses antes das eleições. Ou seja, os 30 bi precisam ser distribuídos com certa agilidade e, como pretende o governo, se crie uma base sólida de golpistas para enfrentar a disputa eleitoral de 2018, caso ocorra.

O fato comprova que o governo, de fato, não tem apoio completo no Congresso Nacional para levar adiante as reformas que os golpistas internacionais exigem para o Brasil. Como não vai dar pela política, vai precisar pagar o convencimento de todos os parlamentares para que estes votem a favor do fim da Previdência e, com dinheiro no bolso, encarem suas bases regionais.

A briga é para acabar com um benefício que às vezes nem chega a R$ 900,00 por pessoa aposentada, mas não milhões de pessoas nessa situação. O imperialismo quer roubar o que os trabalhadores depositaram em valores para a Previdência, e entregar o povo à própria sorte, depois de décadas de contribuição.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas